Petrobras . Agência Petrobras

Petrobras Distribuidora apresentou lucro líquido de R$ 1,078 bilhão no 3º trimestre

Publicado em: 06/11/2018 11:18:26

Empresa também teve avanços em outros indicadores estratégicos

Em resultado divulgado após o fechamento do mercado no dia 5 de novembro, a Petrobras Distribuidora registrou R$ 1,078 bilhão de lucro líquido no terceiro trimestre de 2018, uma alta de 173,6% sobre o mesmo período de 2017. Na visão consolidada, a BR apresentou aumento na receita líquida de 21,1% em relação ao 3T17. Os números também mostraram crescimento de 24,2% no EBITDA ajustado, para R$ 631 milhões neste trimestre em relação ao 2T18 – que ainda apresentou reflexos da greve dos caminhoneiros de maio 2018 e da lenta recuperação da economia – e da margem EBITDA ajustada, em 14%, com destaque para o mercado corporativo. No terceiro trimeste deste ano, a geração operacional de caixa foi de R$ 222 milhões, frente a um consumo de caixa pelas operações de R$ 290 milhões no 3T17.  A geração operacional de caixa também é destaque nos últimos nove meses, atingindo R$ 1,2 bilhão em 2018, ante R$ 422 milhões em 2017.

No 3T18, foi assinado acordo extrajudicial com o Estado do Mato Grosso para quitação de passivo fiscal de R$ 1,3 bilhão, com impacto positivo de R$ 645 milhões no lucro líquido. Além disso, a Companhia recebeu mais R$ 463 milhões das distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras referentes a três parcelas da dívida, quitadas entre julho e setembro. O lucro líquido apresentado no período de janeiro a setembro de 2018 foi de R$ 1,588 bilhão, refletindo o acordo extrajudicial com o Estado do Mato Grosso e os recebimentos de R$ 765 milhões da dívida das distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras com a Companhia. 

O fraco desempenho econômico do país ao longo dos últimos nove meses, refletido pela baixa performance da indústria e do comércio, tem afetado o crescimento dos segmentos de postos de serviço e principalmente o chamado Mercado Consumidor. No final de setembro, o Banco Central reduziu mais uma vez a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,6% para 1,4% em 2018. Além disso, a greve dos caminhoneiros, que já havia gerado um impacto significativo com a perda de estoque de diesel no montante de R$ 200 milhões no trimestre passado, também afetou o 3T18 em cerca de R$ 38 milhões.

De janeiro a setembro de 2018, o mercado apresentou volume de vendas estável quando comparado com o mesmo período de 2017. Na análise das vendas acumuladas por produto, observa-se uma mudança devido a uma maior participação do etanol em detrimento às gasolinas, reduzindo as margens de comercialização.

No segmento Mercado Consumidor, nota-se um crescimento nas vendas de 25% neste trimestre em relação ao 2T18, principalmente em função da venda de óleo combustível para o setor de geração térmica. Na comparação com o 3T17, os volumes são menores, já que o despacho térmico em 2017 foi superior.

Ainda no 3T18, a Petrobras Distribuidora realizou pagamentos de dividendos de R$ 449 milhões e de juros sobre capital próprio (JCP), no valor de R$ 585 milhões, totalizando um desembolso de caixa no montante de R$ 1,034 bilhão de remuneração aos seus acionistas.

O Release de Resultados completo e demais informações estão disponíveis em: www.br.com.br/ri

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE